Home > Commodities

Commodities

As commodities minerais e agrícolas têm papel central na pauta de exportação brasileira, além de serem estratégicas para o país. Segundo o IBGE, o setor de mineração representa cerca de 4% do PIB, sendo responsável por aproximadamente 15% da pauta de exportação. Por ser uma atividade extrativista, que pode gerar impactos socioambientais, a mineração é fortemente regulada. Já a atividade agropecuária representa em torno de 5% do PIB, com peso de 24% nas exportações.

Ambos os setores estão sujeitos às variações dos preços internacionais e, ao mesmo tempo, são expostos ao chamado Custo Brasil. Historicamente, a logística tem sido o principal desafio enfrentado tanto pela mineração quanto pela agropecuária. No entanto, com o passar do tempo, outros temas têm ganhado relevância, como questões ambientais e hídricas, além de políticas comerciais, com destaque para a importação de fertilizantes.  No caso específico da mineração, tem-se ainda o Novo Código de Mineração, que após sua aprovação deverá alterar a lógica de funcionamento do setor.

Nesse cenário, para as empresas atuantes em mineração e agropecuária é essencial compreender a lógica de tomada de decisão nos âmbitos Executivo e Legislativo que impactam o ambiente de negócios como um todo. A Prospectiva apoia empresas na mitigação do risco regulatório e político aos quais essas atividades estão sujeitas. 

Dentre os serviços prestados, destacam-se:

  • Entendimento do cenário político de áreas específicas relacionadas aos temas que impactam os setores;
  • Cruzamento da agenda do governo com a estratégia de relações governamentais do cliente;
  • Desenho de estratégias de aproximação;
  • Monitoramento e estudo dos riscos políticos;
  • Estudo de impacto e acompanhamento de negociações internacionais.